ECONOMIA – BRCN NEWS | Brazil China Business News | 巴西中国商报官网

Empresas chinesas esperam grandes recompensas com a Copa do Mundo

04/07/2018   10:17
BRCN NEWS

 

A atual Copa do Mundo de Futebol da FIFA não só emociona os aficionados de todo o mundo, mas também as empresas da China que consideram o evento quadrienal um cenário perfeito para explorar novas oportunidades e promover sua marca.

Cixi, um distrito da Província de Zhejiang pouco conhecido pelos fãs do futebol, registrou este ano aumentos drásticos em suas exportações para os 32 países participantes do torneio mundial.

De janeiro a maio, as exportações de Cixi para estes países subiram 6,6%, atingindo 10,4 bilhões de yuans (US$ 1,6 bilhão). As exportações para o país anfitrião, a Rússia, aumentaram 16,2%, para 620 milhões de yuans no mesmo período.

Lou Bin, diretor-geral de uma companhia de produtos eletrônicos em Cixi, disse que as exportações de sua empresa para a Rússia nos primeiros cinco meses deste ano já superaram o total de 2017.

Embora admita que as encomendas de produtos da Copa do Mundo só representam uma pequena parte de sua produção, Lou e muitos outros consideram que esta superpropriedade intelectual pode ser uma oportunidade dourada para construir e promover suas marcas.

Um exemplo é a Hyundai Motor, que gastou 1,5 bilhão de euros para tornar-se patrocinadora oficial da Copa do Mundo de Futebol de 2002. Naquele ano, a receita de vendas da Hyundai aumentou 40% nos Estados Unidos e se elevou de forma significativa o reconhecimento da marca a nível mundial.

“Muitas empresas chinesas desejam copiar o modelo e registraram um grande salto tanto na divulgação de suas marcas como no volume de vendas na Copa do Mundo deste ano”, disse Yu Jianding, vice-chefe do departamento de comércio de Cixi.

Depois de descobrir a crescente popularidade dos filés fritos na Rússia, Zhang Jianjie, presidente do grupo de eletrodomésticos Cuori, decidiu pôr no mercado russo suas máquinas de fritar e assar.

“Esperamos que estas máquinas elevem nossas exportações para a Rússia a um novo nível este ano”, disse Zhang. Ele acrescentou que no ano passado suas exportações para a Rússia subiram 10%, para US$ 8 milhões.

“Para as empresas ambiciosas que desejam uma maior cota do mercado mundial, não há dúvida de que a Copa do Mundo da FIFA é o melhor canal de marketing para elevar seu perfil em pouco tempo”, disse Yu Jianding.

Fonte: Xinhua

Índice ChiNext fecha em queda

  • jul 4, 2018

O Índice ChiNext, que mede o desempenho do mercado acionário chinês no estilo NASDAQ para as empresas de crescimento, fechou em queda de 2,58% na quarta-feira, a 1.565,61 pontos.

Mercado acionário chinês fecha em queda

  • jul 4, 2018

04/07/2018   10:10 BRCN NEWS   O mercado acionário chinês fechou nesta quarta-feira em queda, com o indicador referencial, o Índice Composto de Shanghai, caindo 1% e fechando em 2.759,13 unidades. O Índice de Componentes de Shenzhen perdeu 2,02% encerrando o pregão em 9.035,49 unidades. Fonte: Xinhua

Índice ChiNext fecha em alta

  • jul 3, 2018

O Índice ChiNext, que mede o desempenho do mercado acionário chinês no estilo NASDAQ para as empresas de crescimento, fechou em alta de 1,18% na terça-feira, a 1.607,12 pontos.

Mercado acionário chinês fecha em alta

  • jul 3, 2018

O mercado acionário chinês fechou nesta terça-feira em alta, com o indicador referencial, o Índice Composto de Shanghai, aumentando 0,41% e fechando em 2.786,89 unidades.

Exportações de commodities da China para os Estados Unidos crescem em ritmo mais lento no 1º semestre

  • jul 3, 2018

As exportações chinesas de commodities para os Estados Unidos subiram 5,4% ano a ano no primeiro semestre de 2018, abaixo do aumento de 19,3% registrado no mesmo período do ano passado, segundo dados da alfândega divulgados nesta segunda-feira.

Índice ChiNext fecha em queda

  • jul 2, 2018

O Índice ChiNext, que mede o desempenho do mercado acionário chinês no estilo NASDAQ para as empresas de crescimento, fechou em queda de 1,14% na segunda-feira, a 1.588,37 pontos.

Mercado acionário chinês fecha em queda

  • jul 2, 2018

O mercado acionário chinês fechou nesta segunda-feira em queda, com o indicador referencial, o Índice Composto de Shanghai, caindo 2,52% e fechando em 2.775,56 unidades.

Grupo Volvo otimista com o mercado chinês

  • jul 2, 2018

O Grupo Volvo está otimista em relação ao mercado chinês e se prepara para aproveitar novas oportunidades com seus parceiros à medida que o mercado passa por mudanças, informou a alta administração da fabricante internacional de automóveis.

Banco central da China manterá política monetária prudente e neutra

  • jun 29, 2018

O banco central da China informou nesta quinta-feira que continuará implementando a política monetária prudente e neutra e mantendo a liquidez em um nível razoável e amplo.

CN
PT
Show Buttons
Hide Buttons